Comunicado importante: Informações sobre caxumba

09/07/2015

Prefeitura do Rio de Janeiro – Secretaria Municipal de Saúde

A caxumba é uma doença infecciosa, de evolução benigna, que, na maior parte das vezes, se manifesta na infância, nos períodos de inverno e início de primavera. É transmitida de pessoa a pessoa, pelo contato com as secreções respiratórias (gotículas de saliva ou secreções nasais devido a espirros e tosses). Por isso, é importante manter os calendários de vacinação das crianças sempre em dia e orientá-las sobre os cuidados adequados de higiene, como lavar sempre as mãos e não compartilhar copos, talheres etc.

Trata-se de uma doença endêmica no país. No município do Rio de Janeiro, assim como em diversos outros municípios brasileiros, há registro de surtos em estabelecimentos fechados, como em escolas, clubes etc. A caxumba não é doença de notificação compulsória individual. Os casos só são notificados quando se configurar um aglomerado – ou seja, dois ou mais casos – para que sejam imediatamente adotadas as medidas de controle.

A vacina contra a caxumba faz parte do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde e é aplicada nas crianças em duas doses: aos 12 meses de vida (Tríplice Viral) e aos 15 meses (Tetra Viral). São necessárias as duas doses para a imunização completa. Em caso de dúvida se a criança deixou de tomar alguma das vacinas, o responsável deve buscar orientação em uma unidade de Atenção Primária (clínicas da família ou centros municipais de saúde), levando a caderneta de vacinação. Se necessário, a situação vacinal da criança será regularizada com as doses que não tiverem sido aplicadas na época indicada. Para notificações de surto, procurar o serviço de saúde mais próximo.

Fonte: site da Prefeitura do Rio de Janeiro – Secretaria Municipal de Saúde.

Unidades: Centro | Madureira | Niterói | Tijuca. Consultas com hora marcada.
Central de Marcação de Consultas: (21) 3515-0808